Técnico em Farmácia

Técnico em Farmácia

Carga Horária

1320 horas

Duração

18 meses

Próxima turma

Fevereiro

Período

Noturno

O Técnico em Farmácia é um profissional de suporte às ações gerais de saúde. Pode atuar tanto em empresas de medicamentos, quanto em redes de farmácias, drogarias, em hospitais e no serviço público. Sua capacidade de empregabilidade é muito alta e abrangente.

Compete ao Técnico em Farmácia, a manipulação de componentes para a fabricação de medicamentos, o seu controle, estoque e desprezo. Sob a supervisão do farmacêutico, atua na manipulação de elementos fitoterápicos, alopáticos e homeopáticos ou cosméticos. Pode ainda gerenciar equipes (em farmácias, drogarias ou na indústria), atuar no segmento de qualidade e de certificações.

É da competência do Técnico em Farmácia:

– conferir fórmulas e manipular compostos farmacológicos e cosméticos;

– controlar estoques, conferir pedidos e garantir o desprezo de conteúdos inadequados à saúde humana;

– documentar atividades e procedimentos da manipulação de compostos

– compor equipes de Qualidade do Produto ou do Processo

Piso Salarial: R$ 1.335,00

 

Área de Trabalho:

Indústrias farmacêuticas; produção de medicamentos e laboratórios de manipulação; hospitais; drogaria e farmácias.

 

Quem pode fazer?

Estudantes que já tenham concluído o ensino médio ou equivalente, ou que estejam, no mínimo, matriculados a partir da 2º ou 3º série deste. O estudante ainda poderá apresentar certificado de conclusão de ensino médio obtido a partir de Exame Nacional Para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – ENCCEJA.

FORMAÇÃO INTERMEDIARIA

Módulo I – sem terminalidade = 400 horas de teoria/prática.
Módulo II – com terminalidade; sendo 400 horas de teoria-prática e 60 horas de estagio supervisionado, levando o aluno a receber a certificação intermediária de AUXILIAR DE FARMACIA.
Módulo III – com terminalidade = 400 horas de teoria/prática  e 60 horas de estágio supervisionado, levando à conclusão da Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio em Farmácia- Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde.

1 – Competências Gerais do Técnico em Farmácia:

  • Identificar os determinantes e condicionantes do processo saúde-doença.
  • Identificar a estrutura e organização do sistema de saúde vigente.
  • Identificar funções e responsabilidade dos membros da equipe de trabalho.
  • Planejar e organizar o trabalho na perspectiva do atendimento integral e de qualidade.
  • Realizar trabalho em equipe, correlacionando conhecimentos de várias disciplinas ou ciências, tendo em vista o caráter interdisciplinar da área.
  • Aplicar normas de biossegurança.
  • Aplicar princípios e normas de higiene e saúde pessoal e ambiental.
  • Interpretar e aplicar legislação referente aos direitos do usuário.
  • Identificar e aplicar princípios e normas de conservação de recursos não renováveis e de preservação do meio ambiente.
  • Aplicar princípios ergonômicos na realização do trabalho.
  • Avaliar riscos de iatrogenias, ao executar procedimentos técnicos.
  • Interpretar e aplicar normas do exercício profissional e princípios éticos que regem a conduta do profissional de saúde.
  • Identificar e avaliar rotinas, protocolos de trabalho, instalações e equipamentos.
  • Operar equipamentos próprios do campo de atuação, zelando pela sua manutenção.
  • Registrar ocorrências e serviços prestados de acordo com exigências do campo de atuação.
  • Prestar informações ao cliente, ao paciente, ao sistema de saúde e a outros profissionais sobre os serviços que tenham sido prestados.
  • Orientar clientes ou pacientes a assumirem, com autonomia, a própria saúde
  • Coletar e organizar dados relativos ao campo de atuação.
  • Utilizar recursos e ferramentas de informática específicos da área.
  • Realizar primeiros socorros em situações de emergência.

 

2 – Competências Específicas do Técnico em Farmácia:

  • Constitui, articula e mobiliza valores (saber ser), conhecimentos (saber) e habilidades (saber fazer) para a resolução de problemas não só rotineiros mas também inusitados em seu campo de ação profissional.
  • Executa tarefas relacionadas com a composição e fornecimento de medicamentos e outros preparados semelhantes, valendo-se de técnicas e instrumentos especiais, baseando-se em fórmulas estabelecidas para atender as receitas médicas, odontológicas e veterinárias com finalidades industriais e outros.
  • Faz a manipulação de fórmulas preparando pós, pomadas, soluções, xaropes e colírios, usando material apropriado, para atender à produção dos medicamentos e outros preparados.
  • Fabricam comprimidos, preparando, misturando e secando as soluções, dando o acabamento final com o uso de compressor elétrico, para atender as exigências necessárias.
  • Rotula e acondiciona os medicamentos em vidros, potes e tubos, ampolas e latas, empregando métodos e técnicas próprias, para assegurar o seu perfeito acondicionamento.
  • Escritura a entrada e saída de medicamentos, fazendo controle interno de estoque para providenciar a compra dos mesmos, como forma de reabastecer a farmácia.
  • Executa a escrituração de psicotrópicos e entorpecentes, auxiliando no controle dos mesmos para haver um controle eficaz exigido pôr lei.
  • Auxilia no balanço firma, ajudando os demais empregados, para se conhecer a real situação da farmácia.
  • Participa de campanhas sanitárias, auxiliando em casos de calamidade públicas, a fim de ajudar a comunidade e órgãos sanitários.
  • Trabalha em estabelecimentos farmacêuticos oficiais e particulares aplicando eventualmente, injeções e fazendo curativos, para auxiliar as pessoas no fornecimento de medicamentos e pequenos socorros.
  • Distribui medicamentos aos doentes ou às enfermeiras, orientando-os sobre a maneirade usa-los, para não verificar enganos.
  • Age eficazmente diante do inesperado e do inabitual, superando a experiência acumulada transformada em hábito e liberando o profissional para a criatividade e a atuação transformadora.

Unidades que oferecem este curso

Mais Informações


Se interessou pelo curso?

Veja Também